domingo, dezembro 21

PARADA ILUMINADA
Copacabana - RJ


Quem quer presente ?


Copacabana - RJ
19/12/2008

sábado, dezembro 6


NATAL DE PERMISSÃO


Permita-se olhar em sua volta
Permita-se estar em segundo plano
Permita-se chorar a dor do outro
Permita-se doar um pouco de si
Permita-se oferecer o ombro
Permita-se ser, apenas, coadjuvante
Permita-se aceitar erros
Permita-se contabilizar ganhos
Permita-se matar a fome de alguém
Permita-se visitar orfanatos e casas de repouso
Permita-se beijar a cabeça de um idoso
Permita-se ceder o lugar
Permita-se presentear bombons
Permita-se oferecer flores
Permita-se alargar o sorriso
Permita-se dividir bons momentos
Permita-se caminhar de mãos dadas
Permita-se levantar da queda
Permita-se falar olhando nos olhos
Permita-se saborear o prazer de ser bom...


VOCÊ FAZ PARTE DE UMA LONGA

FILA, NA QUAL VOCÊ É O ÚLTIMO!
SE ASSIM PERMITIRES, EM 2009,

VIVERÁS E FARÁS VIVER UM ANO

INQUESTIONÁVEL!
FELIZ NATAL DE PERMISSÃO!!!















Prazeres Barbosa - Natal 2008 - RJ

sábado, novembro 29

Espaço para o Fã !



É UM PRAZER FALAR DE PRAZERES
Homenagem de Rosineide Barros - Caruaru -PE

No palco há uma estrela a brilhar!

Basta apenas esta mulher surgir...

Então, peça a D. Sebastiana para lhe rezar,

Ao Padre Elias, venha se confessar

E com Verônica, aprender a ser feliz.


Atuando, sentimentos vai expressar.

Pois um mito ela nasceu pra ser.

Escrevendo, tem o dom de impressionar.

Dirigindo, com amor vem nos mostrar

Que do teatro ela nasceu para viver.


É um prazer falar de você, PRAZERES!

De sua garra, de seus enlevos...

E mesmo longe, onde estiveres,

Emocionarás em tudo o que fizeres,

Mostrando o seu brio ao país inteiro.


Porque Caruaru tem seus encantamentos:

Tem a Feira que é cantada em verso e prosa;

Nosso Mestre Vitalino e seus grandes inventos.

Mas, com certeza, o nosso maior talento

Chama-se PRAZERES BARBOSA.




Flávio Torres - Bezerros - PE

ESTE POEMA É UMA INSPIRAÇÃO LIVRE DA COMPOSIÇÃO “ORAÇÃO AO TEMPO” DE CAETANO VELOSO, ADAPTADA, INSPIRADA NAS OBRAS SINGULARES DA GRANDE MAESTRINA DE EMOÇÕES PRAZERES BARBOSA.


“És uma senhora tão bonita
Quanto a cara de teus personagens
O tempo comprovará
Vou te fazer um pedido
Ouça-me tempo indefinido...

Compositor de destinos
Tambor de todos os rítimos
O tempo apurou teu sabor
Entro num acordo contigo
Tempo, amigo invisível...

Por seres tão inventiva
E pareceres contínua
Tempo, tempo, tempo, tempo
És uma das deusas mais lindas...

Carta marcada no baralho sagrado da vida
Sem truques, sem defesas
Teu sorriso de Coringa
Tua pose de Damas de Copas
E tua alma de Rainha de Ouros...

Descarta de mim quaisquer tristezas
Mostrando, assim, sem pudores
Tua alma enebriada com o brilho de teu olhar
É um eterno prazer torcer por você!!!”


sábado, novembro 22


Sai de mim coisa ruim!!
Programa exibido dia 27/09/2005.


Ozinaldo (Zéu Brito), um namorando gostosinho, mas pra lá de grudento, tenta se instalar na casa de Marinete, a quem chama carinhosamente de “pochetinha”. Indignada, ela o coloca para correr, acabando com as esperanças do rapaz. Romântico e abandonado, ele argumenta que o casamento é soma de afetos. Marinete, que não está disposta a dividir sua vida e seu apartamento com ninguém, acha que o casamento é a soma de problemas.

Neucete, a mãe de Ozinaldo, chega para se instalar na casa de Marinete.

Arrasado, o cara vê num poste o anúncio que pode salvar sua vida: “Trago a pessoa amada em três dias”. Sem titubear, procura o endereço anotado no folheto. A cartomante não é ninguém menos do que Dalila, mas eles não se conhecem. A vizinha de Marinete faz uma mandinga tão eficaz que faz a diarista cair de amores. Desde então, as amigas não a vêem mais e até Figueirinha se preocupa, porque sua empregada não aparece para trabalhar. Nete só tem olhos para o amado, passa os dias lavando suas cuecas, passando suas roupas e cozinhando para ele e para a sogra, que só querem ficar sentados no sofá, em frente à TV.

Ela já chega reclamando de tudo e dando ordens para a nora.

Dispostas a ajudar Marinete a sair dessa cilada, Solineuza e Ipanema procuram Dalila. Só então é que elas descobrem o feitiço, já que nem Dalila sabia que Marinete havia sido vítima de um de seus “trabalhos”. As três, junto com Figueirinha, armam um plano para tentar livrar Marinete do feitiço. Oixcolobumlá-saipralá-jaburumzá...

Sem motivos para permanecer ali, a mãe de Ozinaldo é convidada a se retirar do recinto.

Assista ao Vídeo

Texto: Lícia Manzo, Duba Elia, Guilherme Vasconcelos e Claudia Jouvin
Redação Final: Aloísio de Abreu
Direção Geral: José Alvarenga Jr.


quarta-feira, outubro 29

PARABÉNS GRUPO OLHARES


Dia 24/10, tive a felicidade de assistir" A BOTIJA" e fiquei muito feliz pelo que vi. Quero expressar o meu contentamento a todo o elenco e aos diretores Benício Junior e Sheila Tavares. É gratificante saber que a arte de representar continua a todo vapor, em Caruaru. Meu apreço a Adriano Freire pelo cenário belíssimo.Como reconhecimento e carinho, o registramos em fotos e colocamos no meu blog para que todos vejam e se deleitem com a obra.

Com carinho Prazeres Barbosa.



Grupo Olhares apresenta:
A Botija
Texto e direção Benício Junior


Produtores: Benício Junior e Sheila Tavares


Bastidores


Espetacular !

Diversão total !

Um mundo de sonhos !

Sucesso, Grupo Olhares !!!

quarta-feira, julho 23


Entrevista com Prazeres Barbosa


http://criancaesperanca.globo.com/

Reconhecido pela ONU como modelo internacional, o Criança Esperança incentiva o debate sobre políticas públicas e transforma vidas. Em 23 anos de campanha, mais de 191 milhões de reais em doações foram integralmente investidos no Brasil em mais de 5 mil projetos sociais. Tais contribuições garantiram os direitos de mais de três milhões de crianças e adolescentes, ajudaram a reduzir a mortalidade e o trabalho infantil, a combater a exploração sexual de meninos e meninas e a preparar jovens de baixa renda para o mercado de trabalho.

A campanha Criança Esperança, em parceria com a UNESCO, foi lançada por um programa especial dos Trapalhões em 1986, com 9 horas de duração, e chamou a atenção da opinião pública para a situação da infância no Brasil. A partir daí, o destino de milhões de meninos e meninas começou a mudar. Ao divulgar a Declaração Universal dos Direitos da Criança, a campanha contribuiu para a inclusão do artigo 277 na Constituição Federal de 1988, que garantia os direitos das crianças brasileiras. Dois anos depois, este artigo deu origem ao Estatuto da Criança e do Adolescente.

Todo ano, o Criança Esperança marca presença na tela da Globo através de artistas, autores e jornalistas, que mostram os resultados alcançados com a ajuda de milhões de brasileiros. Em 2007, foram produzidas mais de 100 reportagens mostrando a aplicação dos recursos nos projetos sociais apoiados pelo Criança Esperança. A arrecadação, de 15 milhões de reais, depositada diretamente em uma conta administradas pela Unesco, será destinada a 84 projetos sociais. A seleção, também a cargo da Unesco, leva em consideração critérios como IDH, sustentabilidade, inovação e geração de impacto na comunidade, entre outros aspectos.

terça-feira, julho 22

PRAZERES BARBOSA SERÁ A MÃE DO CHACRINHA EM ...


Tímido e reservado na vida particular, ele era José Abelardo Barbosa de Medeiras; com suas roupas coloridas e sua inseparável buzina, ele era Chacrinha, o maior comunicador que o país já viu. O especial narra seu nascimento em Surubim, Pernambuco, sua chegada ao Rio de Janeiro e o trabalho nas rádios, seu auge na televisão com o 'Cassino do Chacrinha' e a comoção que sua morte causou no Brasil, quando saiu de cena aos 70 anos. Trechos dramatizados e material de arquivo fazem parte da atração. Em homenagem ao apresentador que revelou grandes nomes da música brasileira, participam com depoimentos familiares, amigos, chacretes e artistas.

'Por Toda Minha Vida' relembra o Chacrinha que sempre estava cercado por belas mulheres, que adorava vestir roupas extravagantes, que jogava frutas, legumas, bacalhau e até penicos na platéia. Para realizar suas brincadeiras, contava com Russo, seu fiel assistente de palco. O programa revive ainda as buzinadas em calouros e o talento do apresentador para revelar novos cantores. Em depoimento, vários artistas reverenciam o Velho Guerreiro.

Nascido em Pernambuco, Chacrinha deixou sua terra natal, mas sempre se inspirou no clima festeiro e nas cores do Nordeste. Aos 21 anos, decidiu seguir de navio para a Alemanha. Porém, o destino e a segunda guerra mundial que agitava o mundo em 1939 o fizeram desembarcar no Rio de Janeiro. A cidade vivia a "era do rádio" e ele ficou fascinado com o trabalho e a fama dos locutores. Até 1942, ele nada conseguiu, pois estava decidido a estudar medicina e durante três anos esteve na universidade. A partir daí, deciciu se entregar à comunicação. Recorrendo ao material de arquivo, em uma entrevista para Marília Gabriela, ele mesmo aparece explicando como realizou seu sonho.

A vida de Abelardo era bem diferente do glamour do seu cassino imaginário. Ele acumulava empregos em várias rádios e fazia bicos de todos os tipos para ganhar um pouco mais de dinheiro. No final dos anos 50, a televisão estava no ar e a história da comunicação de massa tomou um novo rumo. Chacrinha usou elementos do rádio para criar uma receita inédita e infalível que permaneceu, com grande sucesso, por mais de vinte anos. O segredo: descontração, improviso e muito humor. 'Por Toda Minha Vida' também relembra o sucesso das chacretes, a idéia de tê-las no palco e as histórias que até hoje divertem quem conviveu com o apresentador.

No início da década de 70, Chacrinha era um sucesso. Famoso em todo o país, ele vivia o auge de sua vida profissional. Os altos índices de audiência não lhe deram tranqüilidade nem serviram como desculpa para a aposentadoria. Perfeccionista e apaixonado pelo trabalho, ele sofria com as cobranças que se impunha. Com quase 70 anos, todas as semanas, comandava um programa com mais de três horas de duração, onde ele próprio fazia questão de opinar em todos as etapas. No rádio, na televisão, em casas noturnas e em estádios por todo o país, Abelardo Barbosa trabalhou, sem parar, por quase 50 anos. Em 1988, ele não conseguiu driblar a fragilidade de seu corpo, faleceu no dia 30 de junho.

'Por Toda Minha Vida' Chacrinha tem direção de núcleo de Ricardo Waddington e direção de Pedro Vasconcelos. Com reportagem de Fernanda Scalzo, a atração é escrita por Maria Camargo e tem redação final de George Moura. A apresentação é de Fernanda Lima. O programa vai ao ar na quinta-feira, dia 24 de julho, logo após a exibição de 'Casos e Acasos'.