quinta-feira, abril 26


Personalidades ganharão estátuas em Caruaru



Câmara Municipal de Caruaru, através de seu projeto de reforma estrutural, vai prestar homenagens a sete ícones da história de Caruaru que se destacaram em segmentos diversos, contribuindo para o crescimento da cidade. Sete pedestais já foram erguidos no lado esquerdo do hall de entrada da Casa, para receber os monumentos que começaram a ser criados esta semana. Pelo menos três dos sete homenageados já foram escolhidos. São eles: o major João Salvador dos Santos, primeiro prefeito de Caruaru; o cantor Azulão e a atriz Prazeres Barbosa.

De acordo com o vereador Lícius Cavalcanti (PCdoB), presidente da Câmara, os nomes estão sendo escolhidos com o auxílio de órgãos como o Instituto Histórico de Caruaru, a Academia Caruaruense de Letras, historiadores e dos demais vereadores. "Estamos abertos para ouvir a população. Vamos levar todas as opiniões em consideração", afirma. Dentre os nomes sondados, estão ainda o do cordelista Lídio Cavalcanti, do escritor e crítico literário Álvaro Lins e do advogado João Condé Filho, o "gari da literatura brasileira". Os dois últimos comemoram, em 2012, seus centenários de nascimento.

"A intenção é de que seja um ambiente aberto para visitação ao público, com pessoas que fizeram e fazem a história de Caruaru, mas que nunca foram homenageadas", explica Lícius. Ele adianta que, até o São João, as quatro primeiras estátuas serão inauguradas em sessão solene. "As outras três estarão prontas até o final do ano", garante. Lícius Cavalcanti disse também que o lado direito do hall de entrada da Casa estará livre para que o próximo presidente possa dar continuidade ao projeto e construir outras estátuas.
O vereador comentou ainda a particularidade de homenagear duas personalidades vivas. "O artigo 174, parágrafo 2º, da Lei Orgânica do Município, diz que qualquer cidadão caruaruense que tenha serviços prestados à cidade pode ser homenageado após seis meses de seu falecimento ou, em vida, caso obtenha reconhecimento nacional", comenta Lícius, lembrando que não poderia esquecer as mulheres nesta primeira grande homenagem coletiva na cidade. "Nós vivemos num século onde a população tem se sensibilizado com as causas das mulheres. E, agora, que nós temos uma mulher na presidência, precisamos entender que elas precisam estar, no mínimo, ao lado do homem. E Prazeres Barbosa é um nome que dignifica e honra as mulheres de Caruaru", enfatiza.

As sete estátuas serão criadas pelo artista plástico Manoel Claudino da Silva, do ateliê Portal das Artes, de Pesqueira (PE). Refletores vão iluminar cada monumento, que contará com uma pequena placa, com o nome e referências de cada um dos homenageados. Os trabalhos estão sendo supervisionados pela estagiária em arquitetura, Salete Barros. "Faremos uma fiscalização, a cada 10 dias, para que não haja erros", explica Salete. A pesquisa histórica e alguns subsídios estão sendo fornecidos pela Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras (Acaccil). "A Câmara está quebrando um tabu, pois ninguém fez uma homenagem dessas a pessoas vivas", comenta Emanuel Leite, acadêmico e idealizador da Academia.
A Câmara informou, ainda, que sondou o artista plástico Caxiado para criar os monumentos, mas, por questão de custos e prazo de entrega, acabou contratando outro profissional. O patrono da Casa, jornalista e advogado José Carlos Florêncio, também terá destaque na moderna e cultural entrada da Câmara, com a permanência de seu busto num espaço de destaque.

Fonte: Jornal Vanguarda de Caruaru